Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Apresentação

Mais vale tarde do que nunca!!!!

 

Chamo-me Cristina, tenho 35 anos, moro no conselho da Amadora, sou casada e tenho 2 filhos.

 

A minha filhota mais velha chama-se Maria e faz, na próxima 2ª feira, 7  aninhos, o meu principezinho chama-se Francisco e tem 3 aninhos.

 

Tenho uma relação excelente com a minha familia, com que posso contar a 100% para tudo.

 

Aliás se não fossem eles neste momento não sei o que seria de mim.

 

Há um ano atrás tivemos um grande desgosto, a morte da minha sogra com um cancro nos intestinos. Todos nós sofremos muito com a situação pois do diagnóstico ao falecimento passaram unicamente 3 meses, foi um episódio que ninguém estava à espera.

 

A Maria sofreu muito pois era muito ligada à avó, foi ela que tomou conta dela até aos 2 anos, era a avó que lhe fazia as vontades todas, para além de ser o seu primeiro contacto com a morte.

 

Passado um ano ainda noto que lhe faz muita confusão, ela é uma criança fechada não demonstra os sentimentos, mas quando falamos da avó noto que fica muito triste.

 

 

Eu tenho um lema com os meus filhos, não lhes escondo nada, quero que eles confiem em mim.

 

Quando me descobriram a doença contei aos meus filhos, de uma forma suave, sem alarmismo mas contei.

 

Falei com a pediatra e com os professores e todos me aconselharam a contar.

 

Ontem foi a vez de dizer à Maria ( o Francisco ainda é muito pequenino não entende) que iria ser operada e iria estar uma semana no hospital.

Disse-lhe que me iam tirar um bichinho que tinha na maminha para ficar boa.

Ela perguntou-me se ia morrer, prometi-lhe que não, que não podia, que tinha dois filhos lindos à minha espera em casa e que quando viesse do hospital iríamos festejar.

Iríamos ao Oceanário.

 

Ficou mais contente, pelo menos até me ver ir.

 

Às vezes tenho medo, medo de não cumprir a promessa que fiz à minha filha, medo de não voltar para casa, medo de não os ver crescer, medo de pensar no que será deles sem mim.

 

Tenho de afastar esses pensamentos negativos, mas muitas vezes é difícil, principalmente quando estou sozinha a pensar em disparates.

 

Sei que tenho de ser forte por mim, pelos meus filhos, pelo meu marido, pelos meus pais...

 

Tenho de vencer TENHO UMA PROMESSA A CUMPRIR.

 

tags:
Escrito por Laço Rosa às 09:52

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

.Mais sobre mim

.Procurar

 

.O que eu escrevo

. Apresentação

.O que eu escrevi

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

.tags

. todas as tags

.Quem eu gosto de visitar

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Visitantes

hits

.A olhar

online


blogs SAPO